sexta-feira, 11 de abril de 2014

Desfiles da SPFW: dias 1 e 2

Nosso correspondente especial Diego Jorge Lobato, nos trouxe tudo de mais hot da São Paulo Fashion Week! Acompanhe...


1ºdia
ANIMALE
O interessante no trabalho da Animale é que o produto tem uma força que independe de temas ou estações. Priscilla Darolt viajou para o Recife e para a Amazônia em busca de referências e ideias. A marca finca o pé com força no desenvolvimento de tecidos e novas possibilidades de materiais. A renda renascença, por exemplo, é um ícone do artesanato brasileiro, mas aqui foi trabalhada no couro e com um traço mais gótico para não ficar com um ar romântico. “Queria fazer uma colagem de cores e texturas, usando elementos caros ao Brasil, como renda, látex e o bordado”, contou a estilista Priscilla em um encontro no camarim.

JOÃO PIMENTA



As coleções de João Pimenta podem não ser sempre uma unanimidade, mas um mérito inabalável do estilista é que ele nunca se acomoda. Neste Verão 2015, ele continua sua evolução de estilo, buscando agora um olhar mais contemporâneo – movimentação que se nota tanto nos cortes e tecidos da coleção quanto em elementos do próprio desfile, como o casting e a trilha sonora.


“Questionar o lugar comum é um desafio ainda maior do que encontrar a forma ideal”, provoca a grife, que pensa, nesta estação, em uma mistura de praia e alfaiataria para criar a imagem que eles chamam de “surf couture”. Com essa abordagem mais esportiva, a marca dispensa o colete e se concentra nas possibilidades do paletó + calça, combinação valorizada pelos recortes com misturas de texturas.


Como habitual no trabalho do estilista, destacam-se os tecidos especiais, feitos desta vez por meio de desenvolvimento industrial, com fios de alta torção e acabamentos específicos em composições têxteis mais resistentes, com aspectos encerados e acetinados.


TUFI DUEK




Após as imagens fortes étnicas das temporadas passadas, a Tufi Duek muda totalmente de direção e corre atrás de um verão fresco, leve e jovem. “A história é Balneário”, começa a stylist Flavia Lafer, que conduziu a apresentação da coleção junto ao estilista Edu Pombal. Piscinas icônicas e anos 60 completam o mood board. Edu viajou para Miami, onde fez um tour pelas melhores piscinas dos melhores hotéis para entender o que poderia tirar daquele universo. Do alumínio das escadinhas aos tecidos e estampas dos estofados do mobiliário de piscina, tudo está presente na coleção, com um perfume 60’s e 70’s.


Como sempre, há um trabalho muito sofisticado nos materiais desenvolvidos. E a marca não poupa esforços: uma das imagens mais fortes da passarela é feita em um tule holográfico desenvolvido na Suíça. Os três looks nesse material com efeito arrebatador foram inspirados por crianças brincando com bolha de sabão que Edu viu durante sua viagem. E praticamente todos os tecidos são texturizados ou trabalhados de forma que sua origem passa despercebida para dar vida a uma outra coisa.

CAVALERA


A Cavalera fez um dos mais tranquilos desfiles de sua história. Com inspiração no estilo "paz e amor" de Bali e referências a Woodstock, a grife de Alberto Hiar levou música calma, como It is Love, de Bob Marley, para a passarela de verão do SPFW. A calma, porém, não significa alienação. No final da apresentação, ele e os modelos entraram segurando uma cruz branca com palavras como Felicidade, Amor, Mudança etc. inscritas nelas. Na plateia, Deborah Secco, com macacão de decote profundo, e Letícia Spiller, com vestido nude com pedras, assistiam a tudo.



2º dia
ALEXANDRE HERCHCOVITCH

Mais uma bela apresentação comandada pelo maestro Alexandre Herchcovitch. Enquanto as modelos passavam no amplo espaço da Oca, no parque Ibirapuera, era claro que havia um feeling 50’s no ar, mas nunca o nome Marilyn Monroe cruzou minha mente. Mas quando o próprio estilista me conta sua inspiração, tudo faz sentido. E essa é a delícia de assistir aos desfiles de Herchcovitch: você nunca imagina o que pode ser, mas quando suas referências são reveladas, tudo está em seu lugar certo. “Como eu não pensei nisso?”, nos perguntamos.


O desafio aqui foi transformar esse tema, fortemente associado a sensualidade, feminilidade e exuberância em uma imagem à la Herchcovitch. “A Marilyn tem códigos muito óbvios, como pink e brilho, e transformar esses códigos é que é o difícil”, ele conta. A sexualidade, o brilho, o pink e a feminilidade estão claramente presentes, mas com a assinatura de Alexandre, o que faz a imagem de uma estrela icônica ser revista com novos olhos, longe da obviedade e dos clichês.
PAT PAT´S


Andrea mostrou uma evolução desde sua estreia na temporada passada. Com um desfile no saguão do hotel Unique, ela mostrou 23 looks que traduzem o estilo de vida de sua prima Harley Viera Newton, com saias curtas, calças justas, tops cropped e uma boa série metalizada. Em sua viagem de fim de ano, Andrea foi para Los Angeles passar um tempo na casa de Harley e notou que a prima tem um estilo mais casual, está sempre de cabelo solto, usa pouco salto e ainda assim exala glamour. Sua viagem continuou para Tulum, Rio e Punta Del Este, onde ela notou o mesmo despojamento. Esse estilo de vida relax & cool do jet set foi desfilado ao som de hits de Lorde e Sky Ferreira, em uma apresentação pop e com destaque para o trabalho em couro (especialidade de sua mãe, Patricia Viera), especialmente os metalizados fortes azul e rosa, em Barbara Cavazotti e Carol Prates (looks 9 e 10), com os óculos espelhados da marca Lema 21. A coleção certamente vai falar com uma consumidora jovem e com gosto por moda.

PATRÍCIA MOTTA


Em sua segunda participação no SPFW, Patricia Motta suaviza a imagem de sua marca, mas continua a impressionar com a habilidade de manuseio da matéria-prima que é sua especialidade: o couro. Inspirada “em cores e formas, em flores e sabores”, a estilista apresenta um Verão 2014/15 deliciosamente leve, com uma cartela de cores que levam nomes de frutas. A silhueta é lady like, com cintura marcada e saias amplas de vários comprimentos – mas o uso de zíperes bem aparentes ajuda a atualizar o mood da coleção.

GIULIANA ROMANNO


Giuliana Romanno fez uma bela estreia no SPFW, com uma atitude confiante de quem sabe bem a imagem que quer passar, sem precisar recorrer a invencionices de passarela. Clean e chique, o Verão 2014/15 da marca tem como ponto de partida a cidade de Paraty e seus traços históricos, inspiração que em nenhum momento aparece de forma literal. Mais “visível” talvez seja a ótima cartela de cores, que remete à areia da praia, ao sol e ao mar (na primeira parte da coleção, a mais linda), com referências urbanas da metade pro fim do desfile, que tem brilhos e tons escuros.

VITORINO CAMPOS




Mais uma coleção vibrante do jovem Vitorino. Como na temporada passada, Cris Herrmann abre o desfile com um look inteiro preto, puxando uma série de modelos com looks negros, que pisavam forte e com energia. Para fazer uma coleção escura para o verão, Vitorino se valeu da leveza de materiais, como a organza, e das formas, que são simples e descomplicadas. Paletós-vestidos, vestes de alcinhas e mantôs de verão texturizados com lurex são os destaques da “parte preta”. Com formas simples e riqueza de texturas, Vitorino vai abrindo seu caminho com uma linguagem contemporânea e que passa longe de qualquer buraco negro. Seu caminho está direcionado para a luz.

UMA RAQUEL DAVIDOWICZ
Inspirada pelo Dadaísmo, Raquel trabalhou em estamparia digital proveniente de locais inusitados, ilusões visuais, como as peças em seda que a distância parecem ser feitas de um jeans usado e na inserção do vermelho, que depois de anos, voltou à cartela da etiqueta.



TRITON


Inspirados na Costa Amalfitana, Karen Fuke e Igor de Barros, apresentaram um Verão leve, fresco, vivo e confortável, em peças com uma alfaiataria moderna, com volumes e movimento.Com boa escolha de materiais e cores, com um toque esportivo para os homens e e cintura mais marcada para as mulheres. Em cores como pêssego, rosa, laranja, dourado e prata em pequenos detalhes.
Aguardem continuação!!! Beijocas!































4 comentários:

  1. Tá tão chique este blog... sucesso amiga!

    ResponderExcluir
  2. Post otimo... amigo melhor ainda... gatinho!

    ResponderExcluir
  3. Oi keyla.
    Lembras de mim? Rsrs.
    Estive em Fortaleza participando da Conferência Anual de Blogs.
    Peguei o cartãozinho de seu blog, e aqui estou eu visitando.
    Outra coisa bem legal que encontrei por aqui é que Diego Lobato é meu conterrâneo e um amigo querido.
    Beijos A Moda In Foco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristal, minha querida, antes de tudo muito obrigada pela visita... é um prazer tê-la por aqui.. Sim, Diego é um querido, sou muito fã dele, do seu talento profissional e da pessoa incrível que ele é!! Amo muito!! Vou dar uma passadinha no seu blog, pois naquele dia eu não anotei!! Grande beijo!! Volte sempre!

      Excluir

O que você achou deste post?